sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Os picaretas estão soltos


Um dirigente do Detran denunciou nesta semana uma operação inacreditável realizada por um grupo de vigaristas que está agindo na cidade. Eles atuam nos cruzamentos das ruas, onde um deles com uma câmera digital, fotografa as placas dos carros que passam. Com as placas, as fotos e a ajuda de despachantes, descobrem os endereços e nomes dos proprietários dos veículos. Com um computador e uma impressora a laser fazem uma montagem e imprimem boletos perfeitamente idênticos a uma multa, só que os dados do favorecido não são os do Detran, mas da conta de um laranja. A vítima recebe a multa pelo correio, fica na dúvida sobre a infração, acaba pagando no banco ou via internet, sem verificar no site do Detran se a multa existe mesmo. Na realidade, a pessoa foi vítima de um golpe. Por isso, antes de pagar qualquer multa de trânsito entre no site do Detran e verifique se a multa existe mesmo. Os picaretas estão soltos.
Golpes e vigaristas sempre existiram. A criatividade é uma das características desses tipos de criminosos, que se aproveitam da boa fé e do descuido da população. Na internet, mensagens transvertidas de oportunidades e depósitos de valores inundam os e-mails, roubando dados pessoais ou injetando vírus que desintegram informações nos computadores.
Também é bom tomar cuidado nas ruas da Ilha. Vigaristas e bandidos voltam a atuar com mais intensidade pela proximidade do natal, época quando as pessoas estão com 13º no bolso. Esses espertalhões procuram enganar principalmente as pessoas com mais idade, cuja aparente fragilidade, estimula o roubo. Embora a PM tenha câmeras instaladas nas áreas bancárias e aumentado o efetivo de policiais nas calçadas, é importante que todos, mesmos os mais jovens, estejam alertas antes e após utilizarem dos serviços em agências bancárias. Os vigaristas estão nas ruas, cuidado!