sexta-feira, 8 de março de 2013

Light é a culpada!



Esse descaso da Light com a Ilha me intriga. Trato os assuntos da Ilha do Governador com o interesse e a seriedade que uma comunidade com mais de 300 mil pessoas merece. Afinal moro e trabalho nessa região há mais de três décadas e aqui tenho meus sucessos e lutas. Quando a criminalidade aperta, por exemplo, cobro maior ação da polícia através do Ilha Notícias da Associação Comercial. E assim por diante. Faço meu papel de cidadão e participo da sociedade com responsabilidade.  

Nunca, desde que fundei o Ilha Notícias, convivi com tantos apagões. Os prejuízos para a coletividade são inaceitáveis e acontecem a toda hora há mais de três meses. Talvez porque essa semana a Light tenha se superado a coisa chegou num limite insuportável. No Jardim Guanabara, as ruas e residências ficaram cerca de 9 horas sem luz e os picos de energia estragaram eletrodomésticos. Os comerciantes dizem que os prejuízos são incalculáveis, não apenas porque perderam uma noite de faturamento, mas, sobretudo, porque tiveram que jogar no lixo os mantimentos e produtos que dependem de refrigeração permanente. Por isso me intrigam os planos e a ação da Light na Ilha.

 Não compreendo a demora no atendimento e no conserto da rede elétrica. É absurda a falta de explicações, principalmente, quando falta energia sem nenhuma anomalia no tempo. Acho que é coincidência, mas essas coisas começaram a acontecer depois que o governo anunciou uma redução significativa na conta de luz. Será que a empresa quer se vingar justamente na Ilha? Não acredito. Mas a Light precisa melhorar muito e executar um plano urgente para normalizar o fornecimento de energia de modo seguro. Só assim vai ter novamente a confiança da população da Ilha.