terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

MOTORISTAS IRRESPONSÁVEIS LEVAM PERIGO PARA AS RUAS


     A bagunça no trânsito da Ilha do Governador é consequência da absoluta falta de fiscalização e agora parece institucionalizado como ilegalidade. Fora a Estrada do Galeão e outras poucas vias principais, onde a maioria dos motoristas ainda respeitam a sinalização de trânsito, nas ruas internas da região o normal é a grande parte avançar sinais sem o mínimo constrangimento.
     As motos e vans são as campeãs da desordem, desrespeitando qualquer sinalização e colocando em risco os pedestres e motoristas dos outros veículos. Não é normal o que acontece no trânsito da Ilha. Aqui está valendo o império da desordem urbana nas ruas, seja devido a frouxidão das autoridades na fiscalização ou pela absoluta falta de educação e cultura de quem dirige desrespeitando tudo.
     A desordem pode chegar a um ponto que vai contaminar quem é correto, mas que a cada dia percebe estar vivendo fora da realidade, como se o errado fosse ele, constrangido por estar parado no sinal fechado. Se a coisa continuar na bagunça que está, piorando a cada dia, em breve vamos ter que pedir desculpas por parar no sinal fechado e obedecer as normas e leis.
     Outro fator imponderável é o uso indiscriminado do celular por motoristas enquanto dirigem. Eles utilizam o aparelho como GPS nos Uber ou nos carros, ônibus, vans e caminhões, onde insistem em manter conversas, acompanham mensagens e até praticam jogos virtuais, distraídos e longe da atenção que é exigida para dirigir com segurança para proteger a própria vida e principalmente das outras pessoas. Insisto, nosso trânsito está um caos e o problema é a grande quantidade de motoristas irresponsáveis.