sábado, 9 de fevereiro de 2008

Resultados do Carnaval

Edição 1354 - 08.02.2007



Ilustração de Maurício Rocha
(Sobre as dificuldades da GRES União da Ilha em voltar ao grupo Especial)

Moradores tomam conta da
Praça Poeta Carlos Drummond
Localizada em local nobre, a Praça Poeta Carlos Drummond de Andrade não tem urbanização, poda de árvores, varredura e iluminação. Mas a maioria dos moradores não reclamam do abandono da prefeitura, embora paguem um IPTU caríssimo. Eles cuidam da praça como verdadeiro quintal, cultivando canteiros de plantas e tomam conta dos três vira-latas - como "orelhinha" da foto - que já ganharam até casinha.
Praça Carlos Drummond divide opinião de moradores no Jardim Guanabara
Uma das muitas praças abandonadas da Ilha se chama Poeta Carlos Drummond de Andrade. Ela fica em uma parte nobre do Jardim Guanabara, entre as ruas Manuel Assunção, Sidney Muller, Ney Armando-Meciates e Eulyno Lira. É uma área grande e sem proveito para os moradores, onde o mato cresce invadindo as calçadas, a iluminação é precária e não existe área de lazer. Quando o assunto é a urbanização da praça os moradores dividem as suas opiniões, uns preferem a melhoria e outros não. Há 13 anos a paisagista Andréia Freitas que mora na Rua Antônio Nascimento, paralela a praça, diz que existe muita gente que quer a pracinha como está:
- Eu adoro morar aqui porque é perto do comércio e ao mesmo tempo um lugar tranqüilo, só estava faltando ajeitar a praça que está largada, tentei fazer um abaixo assinado para desenvolver um projeto legal nela com a ajuda da prefeitura, colocar uns brinquedos para as crianças, bancos, mas muita gente se opôs e foi difícil conseguir. Elas dizem que com a urbanização irá atrair muitos jovens que farão barulho.
Maria Filomena, funcionária pública, mora em frente à praça há 23 anos e está do lado dos que não tem interesse na urbanização. Ela e outros moradores cuidam de Orelhinha, Cicarelli e Lobinho que são os cachorros de rua que moram na casinha construída com capricho na pracinha.
- O que falta aqui não são bancos ou quadras poli-esportivas e sim uma boa iluminação, segurança dia e noite e limpeza semanal. Além do mais, muitos moradores plantam mudas na praça, damos comida para os passarinhos, nos organizamos para ser uma extensão do nosso quintal, agradável e sossegado. Não queremos gente de fora pois assim facilitaria os assaltos – disse Filomena.
Muitos discordam entre si, mas as reclamações são sempre as mesmas de quem paga o IPTU e não tem suas necessidades básicas atendidas, que são: limpeza, iluminação e segurança.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Carnaval 2008

Edição 1353 - 01.02.2007

Comandante fica
O Ten. Cel. Célio Pedrosa garante que não vai acontecer nenhum tipo de paralisação no 17º BPM, em virtude dos boatos da sua exoneração, fato que nega. Célio quer ficar, e a comunidade também. Todavia é praxe que todo comandante de batalhão coloque o cargo à disposição do novo comandante-geral, como é o caso, diante da posse, na terça, do coronel Gilson Pitta Lopes. Célio afirma que não faz parte dos Barbonos, e que sua amizade com o ex-comandante geral, Coronel Ubiratan Ângelo, não acarretará insubordinação sua ou do batalhão que comanda.


Exposição
O artista plástico Heider Moutin expõe até o dia 5 as suas obras no Espaço Cultural do Terminal de Passageiros II do Aeroporto Tom Jobim, com temas contemporâneos que enfocam principalmente a prática do Candomblé.


Curso
Estão abertas as inscrições para o pré-vestibular e pré-militar comunitário do Curso Preparatório do Brasil, que aprovou mais de mil alunos em 2007. A grade horária varia com o curso escolhido e o aluno só paga o material didático. Fica no Colégio Estadual Therezinha Gonçalves, em frente a União da Ilha.


Roger
O meio-campista Roger marcou um golaço em Porto Alegre. O jogador, que foi contratado pelo Grêmio, declarou no dia 29 que um ponto negativo de estar longe do Rio é ficar longe do desfile da sua escola de coração, União da Ilha.


Boa Ação
A direção da Lona Renato Russo, em parceria com a Ong Associação Cultural Reformando, estão arrecadando alimentos não perecíveis e material de limpezas com o objetivo de doar à famílias carentes do bairro.


Varandas
Domingo, segunda e terça o Varandas Cultural promove animado Baile Infantil com crianças de até 8 anos. O evento vai ser no salão refrigerado com sorteio de brindes e concurso de fantasias. Começar às 16h.


La Playa
Nessa sexta-feira, a partir de 23h, a boate La Playa apresenta a Noite da Perdição, com clube das mulheres até às 24h e variedade de ritmos a noite inteira. A entrada para os homens custa 12 reais e R$ 7 mulheres.


Ribeira
A Banda Amanhã comandada por Geraldo Tancredi e Roberto do Açougue, agitam a Ribeira nesta 6ª, dia 1º, a partir das 20h, com o Carnaval da Saudade. A Concentração e desfile serão na Praça Iá Iá Garcia. Tancredi sugere levar a fantasia de mulher escondida no armário.


Rock
A banda de Rock n’Roll Velho Joe, que canta as músicas “Até o sol chegar” e “Não devo nada”, que estão disponíveis para download gratuito na Internet, se apresenta no Sábado, dia 16, na Lona Renato Russo. A entrada é 8 reais e meia R$ 4.


Ilha Plaza
O Ilha Plaza terá horários diferentes neste carnaval: sábado, dia 2, as lojas ficam abertas das 10h às 18h e o restaurante La Mole até as 22h. No Domingo, segunda e terça-feira, tudo fecha, exceto o La Mole, que funciona de 12h às 22h. Na quarta-feira todas as lojas funcionam das 12h às 22h.
Poda 1
Uma árvore sem poda tombou na noite de terça-feira ao lado da minha loja, em frente ao número 1146. Além de ter caído em cima de fios de alta tensão, e em frente a uma área comercial, está próximo a um ponto de ônibus. Para completar, existe outra árvore logo ao lado que o Departamento Parques e Jardins deveria podar o mais rápido possível. Nelson Nascimento, proprietário da Colina Automóveis, Estrada do Galeão.
Poda 2
É um desrespeito o descaso e abandono que o serviço responsável pelo corte de árvores tem pelos moradores do Conjunto Habitacional Rubem Berta. Uma árvore seca localizada no canteiro central da Av. Carlos Meziano, altura do número 482, na Portuguesa, põem em risco a vida das pessoas que passam próximo ao local. Nós da Associação de Moradores já nos dispusemos a cortá-la, só esperamos a autorização de um órgão competente que não chega nunca. Fernando Souza, presidente da Associação de Moradores do Conjunto Rubem Berta, Portuguesa.
Abandono
Faço caminhada na Engenhoca e constatei o total abandono do campo de futebol que fica na altura do quiosque de número 6. A proteção que se localiza atrás da baliza tombou e está com os canos enferrujados expostos. O pior é que a outra parte da proteção que não cedeu está prestes a cair também. Junei José Marques, aposentado, Cocotá.
As reclamações foram encaminhadas à subprefeitura que prometeu providêncis, mas não disse quando.
Tia Kika
Uma obra da Creche e Escola Tia Kika, localizada na rua Peixoto de Carvalho, está utilizando indevidamente um espaço público, que é a calçada. Fizeram pilastras em cimento revestidas de pedras, no formato de arcos voltados para cima. Várias pessoas se machucaram e uma delas foi minha mãe. Já houve tentativa de remoção das construções junto à dona do estabelecimento, mas a mesma não tomou providências. Patricia Carvalho, professora, Zumbi.