sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Barcas irritam moradores da Ilha do Governador

Ilustração de Maurício Rocha
(Sobre o mosquito da Denge)
Edição 1341 - 09.11.2007

Horário das barcas do Cocotá causa
revolta e indignação nos moradores

Mais uma vez os moradores da Ilha sentem na pele os transtornos provocados pela ausência de meios de transporte de qualidade. Os usuários sofrem com os grandes intervalos entre uma viagem e outra, o que causa diversos atrasos na vida daqueles que escolhem as barcas para poder sair com maior rapidez do bairro, e se livrar dos congestionamentos que acontecem diariamente na Estrada do Galeão, complicando ainda mais a vida dos insulanos.Eram cerca de 13h do dia primeiro de novembro, 5ª feira, véspera de feriado, e o dentista José Américo de Andrade, de 70 anos, morador do Quebra-Coco, precisava se deslocar urgentemente da Ilha do Governador para a cidade de Niterói. A sua primeira idéia foi utilizar um ônibus da linha 328, para ir até o centro, mas desistiu quando percebeu que a Estrada do Galeão estava muito congestionada.

Como única alternativa deslocou-se até o Cocotá para utilizar o serviço das barcas que liga o Cocotá à Praça XV, mas tomou um susto quando foi informado que a próxima barca só partiria rumo a Praça XV às 16h20, ou seja, teria que aguardar quase 3 horas. Indignado o dentista decidiu enfrentar o engarrafamento na esperança de chegar mais rápido à cidade, mas só às 17h conseguiu chegar ao centro.
- É um absurdo esse horário das barcas. No máximo o intervalo devia ser de uma hora. Afinal a empresa que ganhou a concessão para explorar esse negócio devia ter mais respeito com a população e o serviço deveria ser uma opção permanente para quem se desloca para o centro a qualquer hora, disse irritado José Américo, que também é oficial da marinha.
Desde que foi inaugurado o Terminal do Cocotá, o serviço das barcas só decepcionou a população. Além de horários muito esparsos - nas horas de menor movimento - as barcas são velhas e lentas. Os velozes catamarãs só fazem poucas viagens e a solução para os engarrafamentos para quem quer sair da Ilha, se transformou numa frustração. Para o dentista José Américo também falta divulgação dos horários:
- Pouca gente conhece os horários, eles não divulgam. E, o pior, eles mudam esses horários sem avisar, e conforme a disponibilidade das embarcações. Nós temos que exigir barcas de hora em hora mesmo com poucos passageiros, afinal isso é uma concessão para servir ao povo e não à empresa Barcas S/A, que só quer lucros, finalizou.
Opinião

Enquanto o presidente Lula garante que não vai faltar energia até 2012, os motoristas de carros equipados com sistemas convertidos para o gás veicular, e principalmente os taxistas, já sentem no bolso o aumento do GNV e entram em pânico com a previsão de chegar aos 25% além da inflação.
É um desrespeito com a população esse vai e vem de estímulos para o consumo de combustíveis. Isso aconteceu antes com o álcool, cujo preço oscilou tantas vezes que surgiram os carros flex para garantir aos consumidores o abastecimento com o combustível mais barato. Essa loucura é fruto da insensatez e conveniência momentânea dos irresponsáveis que estão no governo. A crise do gás, por exemplo, anunciada repentinamente há poucos dias é fruto do oportunismo do presidente boliviano Evo Morales que expulsou, no ano passado, a Petrobrás do seu território, e Lula achou normal o vexame. A indenização oferecida pelos bolivianos foi irrisória e os brasileiros agora vão sofrer as conseqüências daquele ato de lesa a pátria consentido.
Enquanto Lula e sua família enchem os bolsos – o filho ficou rico ao receber recursos de uma concessionária pública de telefones - o trabalhador brasileiro tem cada vez menos dinheiro - sobretudo os aposentados - e, inocente, é feito de bobo ao acreditar nas mentiras do governo.
Agora como ficam os empresários que investiram nas caríssimas instalações de bombas de GNV dos postos de abastecimento? E as empresas que instalam e homologam o kit gás? E o pior,quantas famílias vão sofrer com o desemprego? Será que o alinhado presidente vai se importar?
Não se iluda!!!
Gente & Fatos
Hahnemann
Vitória de Azevedo comunica que em comemoração ao Dia Nacional da Homeopatia será realizada neste sábado, dia 10, às 15h, na Farmácia Samuel Hahnemann Homeopática, palestra cujo tema é “O equilíbrio Nutricional do Idoso” com a Dra. Roseana de Araújo Matos, médica Homeopata. A inscrição é grátis, mas as vagas são limitadas. Estrada da Cacuia, 1269.
Óperon
Com direção e produção de Marcos Caminha, o Teatro Óperon apresenta a peça “O Diário de um Louco”, todos os sábados, às 19 h, até o final de novembro. Estudantes e idosos pagam meia. Informações 3393-9454.
Feijoada
A Banda Polvo da Ilha estará realizando a deliciosa feijoada “Vem Vovó, Vem Vovô,” com apresentação do grupo Mais Velho tem Razão e seu samba de raiz, no dia 18 de novembro, as 12h, no Clube da Shell. Informações 9299-2977 ou 8695-3467.
Tribo
O GRBC Tribo Cacuia inicia neste domingo a série de ensaios para o Carnaval 2008. O tema escolhido pela comissão de carnaval é “Eles Trouxeram o Progresso ao Cacuia” e todos os sambas devem obrigatoriamente mencionar “Cacuia”. O prazo para inscrições termina no próximo dia 11 e o vencedor vai ganhar o troféu “Geralda da Ilha”. Os ensaios começam as 16h, sempre na rua Iaco, ao lado do Mundial. Mais informações com Gaguinho ou Luizinho da Kazinha Presentes.
Teatro
Todas as terças feiras, de 9h as 12h, o professor Ângelo Ferreira está no Grupo de Artes Graça Pereira e Mãos Amigas, com sua oficina de teatro e interpretação. Para participar é preciso levar um quilo de alimento não perecível para ser doado. Informações: Av. Paranapuãn, 2081.DJO
DJ
Luciano Luana é alto astral. Por onde se apresenta deixa todo mundo alegre. Contatos para festas: 3396.8499.
Ótica
Inaugurou na Estrada da Cacuia a Ótica Popular dirigida por Luis Claúdio Linhares, que volta à Ilha muito animado. De cara, faz promoção de lentes multifocais e divide em 5 vezes sem juros.
Azulejos
AntigosFabiano Nascimento e Carlos Gardel anunciam a chegada da loja “Cacuia 2007”, especializada em pisos, pastilhas e grande variedade de azulejos antigos. Fica na Estrada da Cacuia, 610.
Empadas Cyber
Fica no Ilha Golden Shopping, sob direção de Thelmo Pinheiro a gostosa Empada Carioca onde em parceria com o Cyber Island o cliente saboreia empada e acessa a Internet, ou vice versa.
Música ao vivo
No Complexo Sócio Esportivo da Vila Militar da Aeronáutica – avenida 7 - será realizado nesta sexta, dia 9, show com música ao vivo e bingo. Apresentação de Marcelo Romano, a partir das 17h.
Artes
A Infraero abriu na última terça-feira, dia 6, a exposição “Do Barroco Mineiro a Outras Formas Clássicas”, do artista plástico Carlos A. Miranda.A mostra fica em exposição até o dia 2 de dezembro, no Espaço Cultural do Terminal de Passageiros II, do Aeroporto, e lá o artista apresenta 17 obras, em óleo sobre tela, no estilos realista e impressionista, que poderão ser visitadas diariamente.
Carnaval
A Associação. Atlética Portuguesa sediará o 3º Boi com Feijão, do GRES Boi da Ilha do Governador, que será realizado no próximo domingo, dia 11, a partir das 13h. Serão apresentados os protótipos das fantasias do enredo “Gaia, a reação da Mãe Terra - Uma história que deve ser contada de outra maneira”, de autoria do carnavalesco Guilherme Alexandre. Antes da apresentação, os “boiadeiros” darão continuidade ao concurso de samba-exaltação. O ingresso custa R$ 5 e dá direito a um prato de feijoada.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Saidinha de Banco

Edição 1340 - 02.11.2007
Opinião
É incrível como a bandidagem cresce a cada dia. Na semana passada o Ilha Notícias destacou matéria sobre a prisão do motoqueiro que fingia ser um insuspeito entregador de pizzas, e, com a arma em punho, assaltava covardemente mulheres, que - na maioria das vezes – estavam a caminho dos colégios para apanhar os filhos. Tratava-se de um bandido estrategista que declarou não abordar outras pessoas, pois temia dar azar e encontrar um policial.
Nesta semana entre tantos outros casos policiais que aconteceram, dois mereceram manchete neste jornal. O Ilha Notícias publica as fotos dos bandidos descrevendo os golpes, de modo a alertar pessoas de boa fé e inocentes para que se protejam contra esses criminosos.
O golpe conhecido como “saidinha de banco” é aplicado em toda cidade, e não é novidade para ninguém, mas na nossa região as estatísticas dessa prática batem recordes. Talvez seja pela concentração de bancos na Portuguesa ou principalmente pelo grande contingente de aposentados. Mas neste dia 1º, quinta feira pelo menos uma quadrilha foi desbaratada com a prisão de um bandido de 57 anos, que para surpresa da polícia é presidiário em regime semi-aberto, ou seja, saía da prisão durante o dia para assaltar, e voltava para a cadeia à noite para dormir.
O outro caso envolve extorsão contra conhecido empresário da Ilha. O esquema envolvia um preso da penitenciária de Água Santa que atemorizava a vítima pelo telefone, e queria o depósito da extorsão em conta bancária. Através da conta, que foi descoberta pelos policiais da 37ª DP, foi possível prender a quadrilha em Itaboraí, para alívio do empresário.
joserichard@uol.com.br


Ilustração de Maurício Rocha
(Sobre o aumento de preço do GNV)

Gente & Fatos

Rotary
Na terça, dia 30, os cinco clubes de Rotary instalados na Ilha do Governador – Galeão, Guanabara, Ilha do Governador, Paranapuã e Cidade Maravilhosa – celebraram numa reunião festiva conjunta a visita do Governador do Distrito 4570 José Nelson Carrozzino e sua esposa Rosa Silva Carrozzino. Estiveram presentes seis Governadores de Distrito, 12 Presidentes de Clubes Rotários, 121 rotarianos e 28 vinte e oito convidados. Esteve também presente numerosa delegação do Lions Clube, capitaneada pelo Governador do Distrito LC-1 – RJ, José Luiz Vilela e sua esposa Inajá Vilela, acompanhados pelo Presidente do Lions Clube da Ilha do Governador, Fernando Mota. A reunião realizada no restaurante do Iate Clube Jardim Guanabara foi presidida pelo rotariano Marcos Antonio Alves, do Rotary RJ Ilha do Governador. O Governador Carrozzino em seu discurso sublinhou os objetivos maiores do Rotary que tem compromissos com a alfabetização, os recursos hídricos, a saúde, a nutrição e a Família Rotária.
Luterana
O Colégio AME da rotariana Maria Helena Correa Cunha, completou 25 anos e selou parceria com a Universidade Lu-terana do Brasil.
Locadora
A “M.M. Rent Car,” comandada por Marcus e Marcelo Laranja comemoram 11 anos no ramo de aluguel de carros, agora com a frota renovada e preços imbatíveis, comunicam o novo endereço: Estrada do Galeão, 35/208 - 2467-0972.
Teatro
A peça infantil “Os Três Porquinhos na Floresta Encantada”, sob direção de Marcos Caminha, está sendo apresentada no Teatro Óperon, aos sábados e domingos, às 17h. rua Sargento João Lopes, 315, Cacuia.Informações: 3393-9454.
La Playa
Show com a banda Matriz que apresenta os maiores sucessos da atualidade e o melhor dos anos 70, 80 e 90, dia 3, sábado, a partir das 23 horas no La Playa do Antonio Cerqueira. Praia da Bica, 39. Telefone: 2466-1007.
Santa Rita
Nos dias 10 e 17 de novembro, a companhia teatral Entre Nós apresentará, no teatro Lemos Cunha, a peça "Rita de Cássia - A Santa das Causas Impossíveis", com texto de Valéria Lobo e Ed Leone, e direção de Zilla Costa. A peça estará em cartaz durante dois sábados consecutivos, as 18h.
Baile Fantasy
Neste dia 3 de novembro O Governador Iate Clube apresenta o “Baile Fantasy e Mascaras”, com participação da Banda Novos Tempos e DJ. Guisner. Será a partir das 22h. O GIC fica na Praia da Rosa, 1.350 - 2462-4657.
Elbe de Holanda
Entre os dias 3 a 18 de novembro, acontece na Casa de Cultura Elbe de Holanda o VII Festival de Esquetes. A premiação será no dia 24. Os ingressos custam R$ 8,00 e R$ 4,00. Rua Eng. Rozauro Zambrano, 302 - 2466-0661.
PIG
Os dirigentes do PIG – Provedor da Ilha do Governador, garantem que é inadmissível qualquer suposição de que a empresa teria relação com traficantes. Aliás o PIG tem recebido muitos elogios pela qualidade dos seus serviços.
Motos
A Equilíbrio Motos do André Ricardo e Dionizio Oliveira ainda festeja os dois anos de atividades completados em setembro. Comemoram ampliando a empresa e realizando promoções. O novo site é: www.equilibriomoto.com.br.

Gente da Ilha

Célio Frontino Barreto Gomes da Silva
Célio contador: profissão e prática esportiva somando uma vida feliz
O contador Célio Frontino Barreto Gomes da Silva, de 61 anos, exerce a sua profissão desde 1972, sempre no bairro do Cocotá. Ele soube de sua vocação muito cedo, ainda na infância, pois nessa época trabalhava com o pai em um bar, localizado no clube Alto da Serra, que funcionava na rua Caricé, no Tauá, e era responsável pelo controle financeiro dos negócios. Ali tomou gosto pela coisa, e há 35 anos colocou a mão na massa e hoje mantém um escritório com 15 funcionários.Célio é casado há 35 anos com Nádia Maria, tem três filhas: Alessandra, Tânia e Helena, e três netos: Célio, Eduardo e Cauã.
— Tenho 15 funcionários, dentre os quais, as duas filhas, dois irmãos, um cunhado e duas primas. Todos estão comigo há pelo menos 10 anos — disse ele, que prefere trabalhar em família, principalmente pela praticidade que isso proporciona.
Uma característica particular desse contador, que é conhecido em toda a Ilha do Governador, é que ele é um daqueles moradores apaixonados pelo bairro, de onde nunca saiu, nem mesmo para trabalhar.
— O lugar mais longe aonde trabalhei foi o Galeão. Não sairia da Ilha por nada, devido à liberdade que se tem, apesar da violência. A não ser para ir à cidade de Conservatória, onde comprei uma casa para descansar. Aquilo lá é um verdadeiro paraíso — afirma com entusiasmo.
Esse contador — qua ainda não conseguiu largar o cigarro — se formou técnico em contabilidade em 1970 no Colégio Lemos Cunha e mantém ótimas relações com todos seus companheiros de profissão, citando Raulino Lobo, Otto Salino e Sérgio Moreno.
Em 1991 ele começou o que à princípio seria apenas um hobby, as corridas de maratona. Célio iniciou no esporte apenas para entrar em forma, mas o que começou como uma forma de melhorar a saúde, em pouco tempo ganhou ares de paixão, tendo participado de diversas maratonas, entre elas a meia maratona da Globo, nos anos de 1998 a 2005, a maratona do Rio de Janeiro, de 2004 e 2005, e já correu a São Silvestre, na cidade de São Paulo em 1998.
— Sempre pratiquei esportes. Comecei a correr porquê estava muito gordo, mas logo vi que o bom mesmo é a competição, é o que mais motiva. Quando você está correndo, não consegue pensar em mais nada, só em se superar. Conheço um corredor de 95 anos de idade, que corre dez quilômetros e quando termina, ainda tem fôlego para recitar poesias. Mas qualquer esporte é válido, ociosidade mata! — alerta o contador.
O próximo desafio desse profissional que vive sorrindo, será a maratona de São Sebastião, no dia 20 de janeiro do ano que vem. Torcida e disposição, com certeza não vão faltar.