sexta-feira, 2 de setembro de 2016

PICHADORES AGEM DURANTE À NOITE E CAUSAM GRAVES PREJUÍZOS NA MAIORIA DOS PRÉDIOS E MONUMENTOS DA ILHA




Centenas de prédios comerciais e residenciais da Ilha 
sofrem com a ação dos pichadores

              Centenas prédios da Ilha estão criminosamente pichados e a ação desses vândalos continua acelerada, provocando grande preocupação entre moradores e comerciantes que se sentem ameaçados pela ação desses bandidos que agem sem limites que trazem insegurança e medo a todos nós.
            Basta descobrirem um novo espaço, em qualquer bairro da região, que eles picham sorrateira e covardemente, causando prejuízos enormes e sujando o patrimônio de todos que vivem na Ilha.
              Nesta semana, esses agentes do mal, picharam a passarela da Portuguesa, deixando um borrão incompreensível em diversos pontos daquele equipamento público e, recentemente, sujaram a Pedra da Onça, o mais tradicional símbolo histórico da região. Os borrões, de cada pichador, são sinais do mau gosto e um desrespeito agressivo contra os cidadãos insulanos. 
             A beleza urbanística e a valorização da Ilha, e de qualquer região no mundo, é fruto do investimento público e o cuidado da população que tem a obrigação de ajudar na preservação das ruas, praças e, principalmente do seu próprio patrimônio. 
            A sensação de quem mora ou trabalha em um prédio pichado é de absoluta vulnerabilidade, porque não é improvável flagrar um desses malucos, a qualquer momento da noite, pendurado na nossa janela pichando o prédio. 
             Essa impotência da população está gerando revolta e as autoridades precisam agir para proteger a sociedade com mais rigor desses bobalhões que não possuem nenhum talento.