sexta-feira, 7 de julho de 2017

FLAMENGO NA ILHA

             A próxima semana marca o início dos jogos do Flamengo na Ilha, depois de cinco meses de obras e um investimento rubro-negro superior a 15 milhões de reais. A expectativa da torcida flamenguista e da população da região é grande, considerando que as instalações e o gramado do novo estádio ficaram excelentes e oferecerem conforto e segurança aos torcedores.
             A materialização da parceria entre a Lusa e o Flamengo, no início do ano, foi um gol de placa dos dirigentes dos dois clubes. Enquanto a Portuguesa ganhou um estádio novinho sem gastar um centavo e valorizou o seu patrimônio, o Flamengo não precisará gastar tempo e dinheiro deslocando a equipe e comissão técnica para jogos em outros estados e cidades. O sentimento dos dois clubes é de plena satisfação.
              Acho que até o trânsito da Ilha pode ganhar se as autoridades conseguirem que as vans e kombis não estacionem em lugares proibidos e deixem de fazer dos pontos de ônibus estacionamento para lotadas, paralisando o trânsito e, como de costume, complicando a vida dos motoristas insulanos.
             Creio que a Ilha vai ganhar muito com a presença assídua do Flamengo e dos adversários na região. Não há dúvidas que restaurantes, lojas e hotéis serão beneficiados com o movimento dos torcedores e dirigentes. Até as torcidas dos times adversários de outros estados vão gerar receitas para as atividades econômicas locais, pela simples permanência, mesmo por apenas algumas horas, no território insulano. É uma questão de marketing.
             O clima de alegria de todas as torcidas invadindo a Ilha e a exposição da região no noticiário esportivo é um fato a ser explorado de modo positivo para a economia local e principalmente para chamar a atenção das autoridades para a solução de problemas regionais como os que existem no setor de transportes. (19/JUN)

Nenhum comentário: