sábado, 18 de agosto de 2018

A CAMPANHA ELEITORAL COMEÇOU



                A campanha eleitoral começou nesta semana, e a população da Ilha do Governador e Fundão terão papel importante para a eleição de muitos candidatos. O Fundão pelos milhares de universitários e a Ilha do Governador que possui uma população de leitores superior a maioria das cidades do estado do Rio de Janeiro.
               Candidatos preparados e que assumam compromissos com a região devem ser um dos principais critérios para decidir seu voto. A nossa região precisa mais desenvolvimento, boa qualidade de vida e gerar novos empregos. Precisamos de parlamentares capazes com atuação política intensa tanto na área federal como estadual.  
               Por exemplo, o transporte marítimo, que é responsabilidade do estado, precisa ser revitalizado para e se tornar o principal meio de transporte de massa, tanto da Ilha do Governador como Fundão. É um dos compromissos que os bons candidatos precisam assumir para obter votos na região.
               Ao longo desta campanha, na esfera federal, senadores e deputados federais precisam incluir nas suas prioridades, e serem cobrados, para garantir compromissos e criar incentivos à indústria naval, de modo a reabrir em toda sua potência o nosso estaleiro EISA, que sozinho pode garantir novos empregos para cerca de quatro mil trabalhadores.
              Por mais que a política esteja desmoralizada, existem candidatos sérios e qualificados. O primeiro turno das eleições será no domingo, dia 7 de outubro. Até lá é importante conhecer candidatos e propostas. Analise bem prepare-se para votar e pedir votos para quem pode fazer a diferença. E principalmente mereça ser votado. 
               A campanha eleitoral começou.

2 comentários:

CARLOS disse...

Se a população da Ilha votasse em massa teriamos vereador , Dep estadual e provavelmente apoio federal

Anônimo disse...

A ilha vive um dos piores momentos de sua história na conservação pública,
ruas, calçadas, praças, parques, e os responsáveis tem nome Marcelo Crivella da prefeitura, José Richard da superintendência e Tânia Bastos da administração,
seus atos não são compatíveis com seu discurso,
tão pior é não ter vergonha na cara em ser maus visto pelos insulanos.